QUÍMICA - resumo

A química estuda a natureza, as propriedades, a composição e as transformações da matéria.

A aquisição do conhecimento científico em todas as ciências ocorre por meio de um procedimento sistemático e lógico, conhecido por método científico, brevemente descrito a seguir: os registros das observações são os dados, e estes são algumas vezes generalizados em leis. As propostas de explicação das observações são as teorias ou, quando tentativas, hipóteses. A importância das teorias e hipóteses reside na capacidade de previsão de novos comportamentos. Tais previsões sugerem novos experimentos, que fornecem novos dados, conduzindo a novas teorias e assim por diante.

A matéria é tudo o que tem massa e ocupa espaço. A massa é uma medida direta da quantidade de matéria do objeto. Tanto a inércia (resistência a modificação ao estado de movimento) quanto o peso (força de atração gravitacional da Terra) de um objeto são determinados pela sua massa. A massa de um objeto independe do local onde é medida. O peso, contudo, depende do local e, portanto, seu uso é limitado.

Um exemplo de matéria pode ser uma substância pura, ou uma mistura. Os três estados da matéria são: sólido, líquido e gás. Uma substância pura pode ser um elemento, substância simples e fundamental que não pode ser decomposta em outras, ou um composto, substância constituída por dois ou mais elementos combinados por uma razão definida em massa. Os elementos são representados por abreviações denominadas símbolos químicos, e os compostos, por fórmulas químicas.

Uma fase é uma região fisicamente distinta com um conjunto de propriedades uniformes. Um sistema (porção de matéria) que apresenta uma única fase é chamado homogêneo; e com duas ou mais fases, heterogêneo. A mistura homogênea é denominada solução.

A matéria pode sofrer transformações físicas e químicas. As transformações físicas são aquelas que não modificam a identidade das substâncias. Nas transformações químicas, entretanto, pelo menos uma substância, o reagente, é transformado em uma nova substância, o produto. Duas das leis das transformações químicas são a lei da conservação das massas (a soma das massas dos produtos é igual à soma das massas dos reagentes), e a lei da composição definida (cada composto tem sua característica própria e composição em massa definida).

Energia é a capacidade de realizar trabalho. Há muitas formas de energia, entre as quais podemos citar a energia mecânica, que pode ser cinética (energia de movimento) ou potencial (energia de posição). A lei da conservação de energia estabelece que a energia pode ser transformada em diferentes formas, mas a energia total é conservada em qualquer transformação. Calor é a forma de energia que é transferida de um objeto mais quente para um mais frio. O calor absorvido por um objeto pode aumentar a sua temperatura, ou causar uma mudança de estado, tal como a fusão ou a ebulição. A temperatura de uma substância é a medida da energia cinética média das partículas constituintes da substância.

 

 

TIC's: Ferramentas para o Ensino de Química

Este site tem como objetivo mostrar como podemos trabalhar o ensino de química utilizando recursos tecnológicos como ferramentas pedagógicas.

 

O que é Pneumonia química?

 

Diferente das pneumonias mais conhecidas, a pneumonia química não é causada por vírus ou bactérias, mas sim pela inalação de substâncias agressivas ao pulmão, como a fumaça, agrotóxicos ou outros produtos químicos. Quando aspiradas, essas substâncias vão para os pulmões e inflamam os alvéolos - estruturas que fazem o transporte do oxigênio para o sangue. Essas infecções dificultam as trocas respiratórias, causando a pneumonia e a insuficiência respiratória. Diferente da pneumonia bacteriana, cuja a bactéria afeta apenas uma parte do pulmão, a pneumonia química pode comprometer todo o órgão.

A pneumonia por aspiração é outra forma de pneumonia química. Esse tipo é causado quando as secreções orais ou o conteúdo do estômago é aspirado para os pulmões. A inflamação vem dos efeitos tóxicos do ácido gástrico e das enzimas sobre o tecido do pulmão. Bactérias do estômago ou da boca também podem causar uma pneumonia bacteriana.

Ilustração dos pulmões que são afetados pela pneumonia

 

Créditos da reportagem: http://yahoo.minhavida.com.br/saude/temas/pneumonia-quimica

 

Notícias

MEIA PASSAGEM INTERMUNICIPAL DO PARÁ

01/02/2013 13:17
RESOLUÇÃO NÚMERO DE PUBLICAÇÃO: 483596 RESOLUÇÃO Nº 02, DE 31 DE JANEIRO DE 2013 – COMISSÃO GESTORA...

Resultado UEPA 2013

15/01/2013 10:16
Para consultar o listão dos aprovados clique aqui

Devolução de Livros

16/12/2012 09:48
Prezados colegas do Curso Licenciatura Plena em Química, O Sr. Valdecir, solicita que todos que...

Nota aos visitantes

14/12/2012 23:03
Caros Colegas do Curso Licenciatura Plena em Química, amanhã é o ultimo prazo para entrega do...

Links interessantes

Site de animações em 3d de estruturas químicas, click aqui

 

Alunos da UFPA para consultar seu histórico click aqui

 

Site do Curso Licenciatura Plena em Quimica Modalidade a distância, click aqui

Número de visitas
estatisticas gratis